Como lidar com diferentes gerações em um mundo VUCA

Publicado em 12 de fevereiro de 2019

Johann Kornelsen é um estudioso sobre o mundo VUCA e presta seus serviços na Universidade Regent, em Vírginia. A instituição, desde sua fundação em 1977, tem direcionamento claro para pesquisas e formação de pessoas com espírito inovador e crítico, com competência de enfrentar um mundo crescentemente complexo. São oferecidas 132 áreas de estudos que subsidiam a visão de ser a mais importante influenciadora mundial em termos de transformação do mundo e das pessoas.

Os valores que comandam a Universidade Regent são Excelência, Integridade e Inovação. O lema Liderança Cristã para Mudar o Mundo aponta para o desejo de impactar vidas globalmente. Por conta de lidar com milhares de jovens que passam por seus cursos e programas, tanto online como presenciais, várias pesquisas sobre liderança envolvem esse público. Poucos dias atrás, em Janeiro de 2019, Kornelsen publicou um estudo muito interessante sobre a realidade que as empresas enfrentam pelo claro conflito entre os líderes seniores nas organizações e as gerações mais jovens.

Ele criou um termo novo para conjugar o ambiente dinâmico e complexo (em inglês, dynaxic), onde as abordagens tradicionais sobre liderança não mais funcionam. A sua contribuição é a de tentar oferecer um caminho ao entendimento da essência do conflito, levando a uma abordagem de liderança que pode agradar ambos os lados e fazer as organizações crescerem neste mundo VUCA. Para isso, cria a premissa de uma liderança responsável, que nada mais é que a combinação harmoniosa das habilidades de mentoria, aconselhamento e Coaching.

Completando, Kornelsen avança nesse conceito de liderança responsável e lhe atribui três qualidades essenciais: a que promove transformação, aquela que serve aos demais e, também, a que autenticamente incentiva e motiva os liderados. O aspecto transformacional da liderança responsável diz respeito ao incentivo para o trabalho em equipe, a definição de metas de alto desempenho e a valorização do pensamento criativo e inovador. O aspecto servidor respeita os interesses dos subordinados, mas em primeiro lugar busca criar uma adequada capacitação para os subordinados. E o aspecto de “ser autêntico” envolve o que o autor chama de “mentoria reversa”: os mais jovens passam a se identificar com os mentorandos ou coaches, internalizando valores e atitudes, envolvendo-se e educando-se para os desafios à frente.

O texto de Kornelsen explica muito bem as características dos problemas e conflitos entre as gerações, mas não vamos trazer esse conteúdo para este espaço, uma vez que o tema já foi bastante debatido pela comunidade acadêmica e profissional. O foco desta postagem está em trazer a esse contexto o chamado mundo VUCA, que se mostra elemento adicional de interferência. O autor que nos inspira neste momento apresenta um resumo das características que esse cenário exige para o sucesso de uma organização no mundo VUCA: (a) Fundamentos sólidos para o negócio ou atividade; (b) Inovação constante; (c) Resposta acelerada; (d) Flexibilidade; (e) Gestão voltada a transformações e mudanças; (f) Gestão da diversidade no  nível local e no global; (g) Inteligência de mercado, e; (h) Forte colaboração com todas as partes interessadas relevantes, incluindo funcionários, clientes, fornecedores, acionistas e a sociedade.

O desafio da liderança em um mundo VUCA está em equilibrar a gestão do relacionamento inter e intrapessoal com a consecução de tarefas. Será necessário implantar tecnologia amigável para envolver pessoas de diferentes partes do mundo e de diferentes gerações, compartilhando conhecimento e gerando inovação. Atualmente, exige-se o esforço compartilhado e a participação de diferentes gerações porque, em um mundo VUCA, as decisões sábias nascem da colaboração bem-sucedida de todos, especialmente entre as gerações mais antigas com as novas, compartilhando (e não brigando por) liderança.

Uma das razões que me motivaram a explorar este estudo (aqui no espaço da Cloud Coaching), sem dúvida, está na associação final que o autor faz com a mentoria e o Coaching, incluindo citações de outros estudiosos. Para ele, as gerações mais jovens estão com o espírito aberto para a aprendizagem, esperando receber dicas objetivas e querendo identificar o perfeito espaço na equipe, de forma a alcançar o desenvolvimento de carreira desejado. Felizmente, nos dias atuais, muitas empresas já estabeleceram programas de mentoria ou Coaching, que visam desenvolver o novo profissional. As pesquisas publicadas mostram que, dessa maneira, tanto há uma vertente psicossocial (aceitação, incentivo, mentoria, Coaching, aconselhamento) como há outra de facilitação de carreira (patrocínio, proteção, atribuições desafiadoras, exposição pessoal e visibilidade).

Para o autor (que se apoia também na opinião de outros autores), muito embora o Coaching e a mentoria são confundidos em suas aplicações, o Coaching na maioria dos casos está relacionado ao desempenho ou a algum aspecto do trabalho (ou da vida) de um indivíduo, enquanto a mentoria é mais frequentemente associada com um desenvolvimento mais amplo e holístico. Os autores citados por Kornelsen reforçam a premissa de que, tanto no Coaching como na mentoria, a orientação deve ser recíproca e colaborativa entre as pessoas, unindo assim as gerações em torno dos desafios que existem e dos objetivos a alcançar.

Curiosamente, Kornelsen comenta que, se a expressão mentoria ou Coaching remeter a uma conotação negativa para a geração do milênio, sugere-se rotular a intervenção como aconselhamento de carreira ou apoio organizacional. Se alguém quiser ir mais longe, a mentoria reversa pode ser uma ferramenta de troca social para manter os mais velhos atuantes e engajados, e os mais novos vibrantes e comprometidos. O foco principal dessa mentoria reversa é ajudar as gerações mais velhas a adquirir conhecimento tecnológico e saber como ele pode ser usado, por exemplo, para colaborar com clientes ou gerar novos contratos. E é aí que tanto a organização quanto os mais novos se beneficiam, pois estes podem se identificar com valores organizacionais, aplicarem-se com mais entusiasmo e gerarem menos “turnover”.

Espero que esta postagem tenha sido estimulante para os leitores, pois mostra claramente que o espaço de trabalho para coaches e mentores é amplo, principalmente nas empresas que convivem com conflitos entre gerações. Sugiro que cada leitor assista o vídeo publicado pelo Tribunal Superior do Trabalho, em 2017 (link https://www.youtube.com/watch?v=UBj3x4XWj5g), e faça uma associação cognitiva com esta postagem…







banner-busca-coach
Curta nossa Fan Page
Revista Coach Me
Pack Autodesenvolvimento
Twittadas Cloud Coaching
banner-busca-coach
banner-cloud-educacao
banner-pinterest
Depoimentos
"Parabéns pelo feito mais que merecido! Vcs têm trazido informações de qualidade, agregando não só a minha vida profissional, mas tb pessoal. Sucesso!!!"
Juliana Garbossa
"Parabéns para a equipe Cloud Coaching ! Acompanho diariamente os posts."
Luciana Furquim
"Parabéns! O conteúdo tem sido bastante interessante!"
Priscila Vidal
"Parabéns pela ideia. Os conteúdos são realmente muito bons. Que seja uma trajetória de ainda mais sucesso."
Rafael van Emelen
"Muito bom! Parabéns equipe Cloud! Já estou com vocês! Abraços!
Ana Cris Tina
"Cloud... Para já conversarmos: amo seus vídeos de motivação, são injeções de ânimo para a Vida. Parabéns pelo magnifico trabalho!!! Vocês são maravilhosos, postagens magníficas, videos, ah! eu acompanho todos. Tenham certeza absoluta que o trabalho, o empenho de vocês, são motivo de vida para muitas pessoas. Continuarei ouvindo todos que chegarem até minha página SIM e não é um elogio apenas, é o meu Aplauso à dedicação de vocês a nos ajudar a superar os embates que a vida nos apresenta. Me faz um bem danado!!! Que Deus os abençõe sempre e tenham um excelente final de semana!!!
Maria Terezinha Barbieri




FAÇA PARTE DA LISTA
CLOUD COACHING DO SUCESSO!


Por que algumas pessoas têm sucesso e outras não?
Algo de diferente elas têm! Será que elas têm simplesmente sorte?
Faça parte da comunidade de pessoas de SUCESSO e descubra!!!
Mais de 100.000 pessoas já se inscreveram e você?
​Vai ficar fora desta?

Inscreva-se agora mesmo e ganhe uma
Revista Coach Me inteiramente grátis!!!


Por favor, aguarde...



Muito obrigado!!!

Sua inscrição foi realizada com sucesso.
Em breve você receberá no e-mail cadastrado
o link para download de sua
Revista Digital Coach Me!

Um abraço da
Equipe Cloud Coaching
Por favor, preencha corretamente os campos!
E-mail inválido!
Ooops aconteceu um erro, tente novamente!
banner-coachme-

Você que segue nossa fanpage no Facebook não pode ficar fora dessa!
Quer se desenvolver pessoal e profissionalmente, sem deixar de lado sua qualidade de vida? Quer dar um gás na sua motivação e produtividade?
Então baixe agora mesmo o seu examplar da Coach Me e mude sua vida!
Basta clicar na imagem acima e você será redirecionado ao IBA, o portal de revistas digitais da Editora Abril.