Escola Só pra Mulheres: O poder transformador

Publicado em 04 de julho de 2018

Você, assim com eu, está cansada de ouvir as pessoas falarem de crise, de corrupção, de violência, de insegurança e instabilidade financeira, bla, bla, bla? E como eu, acha que o que está ai precisa ser mudado? Que o modelo existente não dá mais? Cansei. E você?

Se você também está cansada, tem duas opções, então: cruzar os braços e ligar o “foda-se”, deixando o barco à deriva e esperando para ver para onde ele vai te levar ou decidir ser a agente de transformação começando por transformar você. Chega de achar que só os políticos, e o que é pior, os maus políticos têm poder ou culpa por tudo que está acontecendo neste país. Os caminhoneiros deram uma amostra do que uma classe unida e que verdadeiramente gera riquezas é capaz de fazer, seja pelo progresso, seja pela total paralisação de uma nação.

Será que você, mulher, assim como os caminhoneiros sabe o tamanho da importância do seu papel nesta sociedade? Se os caminhoneiros carregam cargas valiosas e as fazem chegar a seus destinos, você, mulher, carrega ou já carregou a carga mais valiosa desta humanidade: o próprio ser humano que saiu do seu ventre e é quem também gera riquezas ou virou um estorvo que gera miséria. Parece duro demais, mas nossos filhos são cidadãos do bem que impactam outras vidas positivamente ou são problemas sociais que desestabilizam o sistema seja porque se tornaram pessoas corruptas, fraudulentas, viciadas, estelionatárias, sonegadoras e por aí vai.

O mundo mudou, as estruturas familiares são outras, a mulher ocupa cada vez mais lugares no mercado de trabalho e os homens têm participado mais da criacao dos filhos, mas é inegável a importância da mulher no papel como agente de transformação de um povo. Houve o tempo dos “homens na caverna”, no qual os homens saíam para caçar, era o grande provedor, e as mulheres eram responsáveis por alimentarem, cuidarem e protegerem a prole do ataque de animais. Durante a revolução industrial, conhecida como a era do masculino, pois o valor era do trabalho pesado, braçal e dos operadores de máquinas industriais, às mulheres, cabiam espaços em setores da educação, saúde ou em fabricas têxteis, onde eram exploradas e trabalhavam 10, 12, 14 horas recebendo sempre bem menos que os homens.

O sociólogo italiano Domenico Di Masi, defende que a era pós-industrial, a era da tecnologia e da inteligência artificial, é a do “feminino”. Ele diz que esta pode não ser a melhor era, mas é a melhor já vivida até hoje. A longevidade é cada vez maior e as pessoas não só vivem mais, como vivem com mais qualidade e mais saúde, ou pelo menos, mais controle das doenças. Domenico diz: “Durante os duzentos anos da sociedade industrial (1750-1950) cultivamos valores como racionalidade, velocidade, eficácia, padronização, consumismo, machismo. Com o advento da sociedade pós-industrial vieram à tona valores como a criatividade, a subjetividade, a ética, a estética, a desestruturação do tempo e do espaço, a androginia, a qualidade de vida…”.

A criatividade, a subjetividade, a ética, a estética, a desestruturação do tempo e do espaço, a androginia, a qualidade de vida…”. Domenico afirma que estas são características predominantemente do FEMININO. E você discordaria disso? Obviamente que não, não é mesmo? Quanto mais desenvolvemos a tecnologia e inteligências artificiais, maior fica o valor do maior ativo deste planeta: o ser humano. Apenas o ser humano poderá fazer com que a humanidade progrida e só o ser humano é capaz de autodestruí-la. Desenvolver a sensibilidade para o belo, para a ética, para a igualdade de direitos, para o respeito às diferenças e para absolutamente tudo que possa garantir a sustentabilidade seja do planeta, das empresas ou das pessoas, depende diretamente da forma como cada individuo se relaciona com o mundo, com as outras pessoas e com o meio ambiente.

Qual é o nosso papel, então, e como desempenhá-lo? A meu ver, o poder transformador está dentro de você, MULHER. Primeiro, se autoconhecendo, se autodesenvolvendo e despertando no outro, através de todas as suas relações, o que há de mais genuíno na mulher: o cuidado com os filhos, com o ambiente domestico ou comercial, com os parceiros; o desejo de nutrir (seja física, intelectual ou espiritualmente); a sensualidade, que nada mais é que o poder sedutor de encantar com beleza e bons tratos; a capacidade de administrar o tempo e conseguir fazer várias coisas sentindo prazer em realizá-las porque, como boa mãe, é do feminino fazer tudo com e por amor.

E o que isto tem a ver com escola, conhecimento, realização? Tem que você, mulher, ao investir na sua capacitação, nos seus relacionamentos e no despertar destas virtudes citadas por Domenico, desempenhando o seu papel seja como empresária, funcionária de alguma empresa, dona de casa, etc, será quem vai transformar o mundo para muito melhor.

Como colunista, professora de empreendedorismo da FGV e atuante em associações de mulheres empreendedoras, só posso acreditar na minha missão que é a de formar mulheres empreendedoras e intraempreendedoras, capazes de mudar, primeiro as suas relações, o seu espaço, e depois, unidas na mesma missão, de mudar o mundo. Esta á a escola que me proponho agora a me dedicar: A Escola Só pra Mulheres – formação de empreendedoras para mudar este país e este planeta.

“Na sociedade futura, a mulher desempenhará um importante papel … Ela está mais ligada do que o homem à alma do mundo, às primeiras forças elementares, e é através da mulher que o homem comunga com essas forças … Não será a mulher emancipada nem aquela que se tornar semelhante ao homem a que terá um papel importante a desempenhar no futuro da historia, mas sim, o eterno feminino.”

(A Divina Comédia” de Dante Alighieri)







banner-busca-coach
Curta nossa Fan Page
Revista Coach Me
Pack Autodesenvolvimento
Twittadas Cloud Coaching
banner-busca-coach
banner-cloud-educacao
banner-pinterest
Depoimentos
"Parabéns pelo feito mais que merecido! Vcs têm trazido informações de qualidade, agregando não só a minha vida profissional, mas tb pessoal. Sucesso!!!"
Juliana Garbossa
"Parabéns para a equipe Cloud Coaching ! Acompanho diariamente os posts."
Luciana Furquim
"Parabéns! O conteúdo tem sido bastante interessante!"
Priscila Vidal
"Parabéns pela ideia. Os conteúdos são realmente muito bons. Que seja uma trajetória de ainda mais sucesso."
Rafael van Emelen
"Muito bom! Parabéns equipe Cloud! Já estou com vocês! Abraços!
Ana Cris Tina
"Cloud... Para já conversarmos: amo seus vídeos de motivação, são injeções de ânimo para a Vida. Parabéns pelo magnifico trabalho!!! Vocês são maravilhosos, postagens magníficas, videos, ah! eu acompanho todos. Tenham certeza absoluta que o trabalho, o empenho de vocês, são motivo de vida para muitas pessoas. Continuarei ouvindo todos que chegarem até minha página SIM e não é um elogio apenas, é o meu Aplauso à dedicação de vocês a nos ajudar a superar os embates que a vida nos apresenta. Me faz um bem danado!!! Que Deus os abençõe sempre e tenham um excelente final de semana!!!
Maria Terezinha Barbieri




FAÇA PARTE DA LISTA
CLOUD COACHING DO SUCESSO!


Por que algumas pessoas têm sucesso e outras não?
Algo de diferente elas têm! Será que elas têm simplesmente sorte?
Faça parte da comunidade de pessoas de SUCESSO e descubra!!!
Mais de 100.000 pessoas já se inscreveram e você?
​Vai ficar fora desta?

Inscreva-se agora mesmo e ganhe uma
Revista Coach Me inteiramente grátis!!!


Por favor, aguarde...



Muito obrigado!!!

Sua inscrição foi realizada com sucesso.
Em breve você receberá no e-mail cadastrado
o link para download de sua
Revista Digital Coach Me!

Um abraço da
Equipe Cloud Coaching
Por favor, preencha corretamente os campos!
E-mail inválido!
Ooops aconteceu um erro, tente novamente!
banner-coachme-

Você que segue nossa fanpage no Facebook não pode ficar fora dessa!
Quer se desenvolver pessoal e profissionalmente, sem deixar de lado sua qualidade de vida? Quer dar um gás na sua motivação e produtividade?
Então baixe agora mesmo o seu examplar da Coach Me e mude sua vida!
Basta clicar na imagem acima e você será redirecionado ao IBA, o portal de revistas digitais da Editora Abril.