Inteligência Emocional

Publicado em 11 de junho de 2018

O cérebro humano é resultado de uma evolução de milhões e milhões de anos. Evoluiu fisicamente, mas evoluiu também em sua incrível capacidade de processar e reagir às milhões de informações que recebe a cada segundo: luzes, cores, sons, movimentos, sensações de frio/quente, de liso/áspero, de duro/mole, doce/amargo, palavras, figuras, ideias, sonhos, emoções, etc.

Reflita um pouco sobre isso e veja que maravilha! E além de tudo isso, temos uma memória fantástica! E uma capacidade incrível de projetarmos as ações para o futuro. E guardamos um mundo de informações que ficam escondidas de nosso consciente, algumas das quais conseguimos acessar com muito treinamento e com técnicas que vêm se aprimorando.

Entender o que se passa no interior de nosso cérebro, de nossa mente, é uma tarefa quase impossível, tamanha é sua complexidade. A partir da década de 1980 os cientistas da neurofisiologia começaram a descrever nosso cérebro inicialmente com 2 áreas distintas: o Racional e o Emocional. Depois ampliaram os conhecimentos e agora descrevem o cérebro com 3 áreas distintas de funções:

  • do lado direito, de quem olha de trás para frente, fica o lado Emocional;
  • do lado esquerdo, fica o lado Racional e
  • na base, ligando o cérebro à coluna vertebral, fica a chamada Porção Comum.

Fala-se então em Inteligência Emocional, Inteligência Racional e Inteligência Operacional.

Inteligência emocional é um conceito desenvolvido pelo psicólogo estadunidense Daniel Goleman. Um indivíduo emocionalmente inteligente é aquele que consegue identificar as suas emoções com mais facilidade.

Uma das grandes vantagens das pessoas com inteligência emocional é a capacidade de se automotivar e seguir em frente, mesmo diante de frustrações e desilusões.

Olhar a natureza humana sem levar em conta o poder das emoções é uma forma bem míope de se relacionar. É semear no deserto.

A inteligência emocional também é chamada de inteligência do coração. É aqui que estão a emoção, os sentimentos, a afetividade. Trata-se também do lado mais criativo, o lado da imaginação, dos sonhos.

“É com o coração que se vê corretamente; o essencial é invisível aos olhos”, já dizia Antoine de Saint-Exupéry, em O Pequeno Príncipe.

Quando falamos de inteligência emocional, falamos de inspiração, de motivação, de coragem de quebrar paradigmas, de coragem de tomar decisões, sobretudo as mais importantes para a nossa vida.

É a inteligência emocional que comanda a arte, a sensibilidade. É através dela que descobrimos o achar lindo, maravilhoso. É pelo lado emocional que nós desfrutamos da vida, que gostamos das pessoas e dos outros seres, é por aqui que sentimos aqueles momentos em que a vida é maravilhosa!

É a responsável pela poesia, pela música, pela pintura, pelos bons filmes.

Mas a inteligência emocional é também o lado do sofrimento, da dor de viver, do sentir a falta ou a distância, das mágoas, das tristezas, do sentir-se abandonado, da depressão.

É a inteligência emocional que influencia nos relacionamentos humanos, no sentimento de pertencer, nas ligações entre as pessoas, na liderança, na capacidade de impulsionar e motivar as pessoas, de fazer com que as pessoas acreditem ou não nas pessoas.

Segundo o filósofo Aristóteles, “nossas paixões, quando bem exercidas, têm sabedoria; orientam nosso pensamento, nossos valores, nossa sobrevivência. Mas podem facilmente cair em erro, e o fazem com demasiada frequência” (Ética a Nicômaco). E ele continua: “Qualquer um pode zangar-se — isso é fácil. Mas zangar-se com a pessoa certa, na medida certa, na hora certa, pelo motivo certo e da maneira certa — não é fácil.”

A emoção é imediatista, age de rompante, é impulsiva, é caótica. Se estiver fora de comando, age sem pensar. Depois de agirmos, paramos e pensamos: “Por que fiz isto? Não devia ter dito aquilo”!

Daniel Goleman diz que as pessoas devem aprender a reconhecer e classificar com precisão seus sentimentos. E como eles nos levam a agir; as atividades de empatia devem tornar-nos capazes de identificar as pistas não-verbais de como outra pessoa se sente; de analisar o que provoca estresse nelas ou o que as motiva a ter desempenhos melhores. Estas habilidades incluem ouvir e falar de modo a solucionar conflitos, em vez de agravá-los, e negociar saídas em que todos ganhem.

É somente então que podemos falar de pessoas emocionalmente inteligentes.

Elas sabem lidar com as emoções. E a motivação é um dos desafios para as lideranças: saber lidar com a motivação, com a confiança, com a garra.

São palavras de um diretor de pesquisa de uma empresa de seleção de executivos: “os CEOs são contratados por seu intelecto e habilidade empresarial — e são despedidos por falta de inteligência emocional”.

Nos níveis de maior cultivo e refinamento, é a inteligência emocional que desenvolve a intuição, a percepção do clima ou tensor, o sentir à distância, o antecipar e prever o que pode acontecer. É ela que é responsável pelo insight, pelo achei!, pelo sentimento que gera o grito de oba!.

Através do cultivo pessoal da inteligência emocional é que a pessoa se sente ligada ao Todo, sente a vibração do Universo em si mesma. É o lado místico, da iluminação.

Nosso desafio é juntar mente e coração. Experimente praticar qualquer forma de mergulho interior, tais como: yoga, qigong, tai chi chuan, meditação, contemplação da natureza... E você se sentirá em paz, pronto para a ação e levando inteligência às nossas emoções.







banner-busca-coach
Curta nossa Fan Page
Revista Coach Me
Pack Autodesenvolvimento
Twittadas Cloud Coaching
banner-busca-coach
banner-cloud-educacao
banner-pinterest
Depoimentos
"Parabéns pelo feito mais que merecido! Vcs têm trazido informações de qualidade, agregando não só a minha vida profissional, mas tb pessoal. Sucesso!!!"
Juliana Garbossa
"Parabéns para a equipe Cloud Coaching ! Acompanho diariamente os posts."
Luciana Furquim
"Parabéns! O conteúdo tem sido bastante interessante!"
Priscila Vidal
"Parabéns pela ideia. Os conteúdos são realmente muito bons. Que seja uma trajetória de ainda mais sucesso."
Rafael van Emelen
"Muito bom! Parabéns equipe Cloud! Já estou com vocês! Abraços!
Ana Cris Tina
"Cloud... Para já conversarmos: amo seus vídeos de motivação, são injeções de ânimo para a Vida. Parabéns pelo magnifico trabalho!!! Vocês são maravilhosos, postagens magníficas, videos, ah! eu acompanho todos. Tenham certeza absoluta que o trabalho, o empenho de vocês, são motivo de vida para muitas pessoas. Continuarei ouvindo todos que chegarem até minha página SIM e não é um elogio apenas, é o meu Aplauso à dedicação de vocês a nos ajudar a superar os embates que a vida nos apresenta. Me faz um bem danado!!! Que Deus os abençõe sempre e tenham um excelente final de semana!!!
Maria Terezinha Barbieri




FAÇA PARTE DA LISTA
CLOUD COACHING DO SUCESSO!


Por que algumas pessoas têm sucesso e outras não?
Algo de diferente elas têm! Será que elas têm simplesmente sorte?
Faça parte da comunidade de pessoas de SUCESSO e descubra!!!
Mais de 100.000 pessoas já se inscreveram e você?
​Vai ficar fora desta?

Inscreva-se agora mesmo e ganhe uma
Revista Coach Me inteiramente grátis!!!


Por favor, aguarde...



Muito obrigado!!!

Sua inscrição foi realizada com sucesso.
Em breve você receberá no e-mail cadastrado
o link para download de sua
Revista Digital Coach Me!

Um abraço da
Equipe Cloud Coaching
Por favor, preencha corretamente os campos!
E-mail inválido!
Ooops aconteceu um erro, tente novamente!
banner-coachme-

Você que segue nossa fanpage no Facebook não pode ficar fora dessa!
Quer se desenvolver pessoal e profissionalmente, sem deixar de lado sua qualidade de vida? Quer dar um gás na sua motivação e produtividade?
Então baixe agora mesmo o seu examplar da Coach Me e mude sua vida!
Basta clicar na imagem acima e você será redirecionado ao IBA, o portal de revistas digitais da Editora Abril.