Os chinelos do presidente chamam por um Impeachment

Publicado em 04 de março de 2019

Somos animais simbólicos. Afinal, somos animais de linguagem. Na política exacerbamos o simbolismo. O fascismo tem sido o exemplo mais claro de exacerbação do simbolismo no campo da política. Bandeiras, uniformes, grandes paradas e tochas de fogo. Em tudo que pode parecer viril e mostrar poder por meio da exacerbação de objetos fálicos, ali está no fascismo.

Também o corpo dos políticos fascistas é algo utilizado ao máximo para o simbolismo. A direita adora a parafernália dos objetos. É como se a coisificação se apoderasse dela segundo a ordem da reificação universal: o que se deve ter como regra para o mundo e que tudo se torne objeto. Os corpos fascistas, os corpos da direita, eles querem se confundir com o mundo dos objetos. É como se cada pessoa de direita mostrasse seu não secreto desejo de ver a inversão entre sujeito e objeto como a regra do mundo. Tudo que é vigente e mantém o status quo é, para a direita, natural. O capitalismo é natural. Se o mercado é onde se dá essa inversão entre sujeito e objeto, e isso é o natural, então que tudo se inverta segundo tal norma. Que bom, então, que meu corpo possa se colocar como mais um elemento desse mundo de coisas – assim quer o homem de direita. Sinto-me vivo como sendo um zumbi. No mundo dos objetos, um objeto que aparentemente ainda se move por uma pseudo vontade própria, tem seu destaque, seu merecimento, seu prêmio. Que ótimo ser zumbi num mundo de coisas exclusivamente mortas.

No Brasil, nunca vamos nos esquecer de Collor, levantando cada dia com uma camiseta nova, com dizeres no peito. A ideia de poder dar recados para a população, sem a mediação da imprensa ou dos partidos. O corpo do presidente deveria dizer tudo. O presidente havia morrido, claro, pois a campanha tinha terminado. Então, permanecia vivo o capitalismo, o mundo dos objetos tornado sujeitos, e o corpo do presidente mantinha-se um eco de sua existência.

Agora, essa característica do corpo posto como um objeto a mais, e capaz de dar recados, voltou à moda. O corpo é um outdoor ambulante. É o corpo de Bolsonaro. Todavia, Bolsonaro é o fascista trapalhão. Desse modo, há momentos em que seu corpo se mostra segundo uma simbologia consciente, e há momentos que temos que ler no seu corpo os recados um tanto inconscientes para o próprio Bolsonaro. Afinal, zumbi tem consciência? A arma na cintura era símbolo e recado. Consciente. Ato intencional. Bolsonaro queria mostrar-se o jagunço da nação. O policial em serviço. O homem do membro viril. Daria tiros em comunistas, travestis, negros desobedientes e coisas do tipo. Todavia, diante da cadeira da presidência, veio a incompetência e o medo. O uso dos chinelos é bem isso. Trata-se do apego a um objeto que lhe garanta a condição de semidoente. Está presidente, mas, nas horas difíceis, pode não estar. Só pessoas a meio caminho usam chinelos e calças e tiram fotos assim fora da praia. Ele não pode vestir de modo completo o uniforme de presidente, então, fica sempre pela metade. É um aviso, uma desculpa, um subterfúgio que o corpo mostra – inclusive para ele mesmo!

O recado do corpo do homem de direita continua sendo a sua bandeira, seu dístico. Mas agora, trata-se de ato falho. Ou quase isso. É sim um recado, mas um recado também para ele mesmo. É a mostra de um desejo de poder fugir, de dizer-se febril, como eterno esfaqueado, como eterna vítima, voltando para a cama do hospital. Bolsonaro quis dar sinais de força. Agora, quer dar sinais de fraqueza intermitente. Seu corpo mostra a “saída honrosa”. O chinelo é a sua passagem para o quarto, para a fuga, para a desculpa. O presidente está recolhido. Mourão não assume, pois o é, afinal de contas, não a denotação de doença, mas a chance de falar que ela, a dor ou a febre, podem voltar. Pode-se faltar a compromissos, dado que o chinelo indica convalescença eterna. Bolsonaro sente que a cadeira de presidente exige trabalho. Ele nunca trabalhou, em trinta anos!

Os sinais de despreparo, medo infantil e fuga, típicos de uma criança que não quer sair da cama, fingindo-se doente em dia de prova na escola, estão todos no corpo de Bolsonaro. O olhar dele mostra isso. Mas quem não puder olhar de perto, que veja ao menos os chinelos.

Bolsonaro precisa de um Impeachment. Precisamos fazer com que assuma os chinelos. Ao menos os chinelos! Que volte para casa, para “as origens”, como ele gosta de dizer. Ele mesmo espera isso.







banner-busca-coach
Curta nossa Fan Page
Revista Coach Me
Pack Autodesenvolvimento
Twittadas Cloud Coaching
banner-busca-coach
banner-cloud-educacao
banner-pinterest
Depoimentos
"Parabéns pelo feito mais que merecido! Vcs têm trazido informações de qualidade, agregando não só a minha vida profissional, mas tb pessoal. Sucesso!!!"
Juliana Garbossa
"Parabéns para a equipe Cloud Coaching ! Acompanho diariamente os posts."
Luciana Furquim
"Parabéns! O conteúdo tem sido bastante interessante!"
Priscila Vidal
"Parabéns pela ideia. Os conteúdos são realmente muito bons. Que seja uma trajetória de ainda mais sucesso."
Rafael van Emelen
"Muito bom! Parabéns equipe Cloud! Já estou com vocês! Abraços!
Ana Cris Tina
"Cloud... Para já conversarmos: amo seus vídeos de motivação, são injeções de ânimo para a Vida. Parabéns pelo magnifico trabalho!!! Vocês são maravilhosos, postagens magníficas, videos, ah! eu acompanho todos. Tenham certeza absoluta que o trabalho, o empenho de vocês, são motivo de vida para muitas pessoas. Continuarei ouvindo todos que chegarem até minha página SIM e não é um elogio apenas, é o meu Aplauso à dedicação de vocês a nos ajudar a superar os embates que a vida nos apresenta. Me faz um bem danado!!! Que Deus os abençõe sempre e tenham um excelente final de semana!!!
Maria Terezinha Barbieri




FAÇA PARTE DA LISTA
CLOUD COACHING DO SUCESSO!


Por que algumas pessoas têm sucesso e outras não?
Algo de diferente elas têm! Será que elas têm simplesmente sorte?
Faça parte da comunidade de pessoas de SUCESSO e descubra!!!
Mais de 100.000 pessoas já se inscreveram e você?
​Vai ficar fora desta?

Inscreva-se agora mesmo e ganhe uma
Revista Coach Me inteiramente grátis!!!


Por favor, aguarde...



Muito obrigado!!!

Sua inscrição foi realizada com sucesso.
Em breve você receberá no e-mail cadastrado
o link para download de sua
Revista Digital Coach Me!

Um abraço da
Equipe Cloud Coaching
Por favor, preencha corretamente os campos!
E-mail inválido!
Ooops aconteceu um erro, tente novamente!
banner-coachme-

Você que segue nossa fanpage no Facebook não pode ficar fora dessa!
Quer se desenvolver pessoal e profissionalmente, sem deixar de lado sua qualidade de vida? Quer dar um gás na sua motivação e produtividade?
Então baixe agora mesmo o seu examplar da Coach Me e mude sua vida!
Basta clicar na imagem acima e você será redirecionado ao IBA, o portal de revistas digitais da Editora Abril.