Ser Mãe, Mulher e Profissional

Publicado em 11 de maio de 2018

Desde sempre me pergunto e me questiono: o que é ser uma boa mãe?

Antes de mais nada, vamos fazer uma ponderação sobre o papel da mulher nesta sociedade Pós-Moderna em que vivemos.

As brasileiras estão tendo filhos mais tarde. Em 2015, o número de registro de nascimentos de mulheres entre 30 e 39 anos chegou a 30,8% enquanto na faixa entre 15 e 19, o número caiu e ficou em torno de 17% (o que é um alento, afinal ter um filho na adolescência traz consequências para a mãe e para o bebê).

Por outro lado, a faixa de mulheres que se divorciaram caiu para 40 anos, sendo que 78,8% assumem a guarda dos filhos.

As famílias diminuíram de tamanho e nos últimos anos, cresceu a proporção de mulheres encarregadas pelas finanças das famílias e educação dos filhos. Entre 1995 e 2015, os lares nas cidades chefiados por mulheres cresceram de 25% para 43%, enquanto no campo de 15% para 25%. Nesse mesmo período o número de casais sem filhos e o número de casais com um filho só aumentou.

Em 2016, 2,4 milhões de mulheres passaram a exercer a função de chefe de família, número que vem crescendo desde 2012, enquanto a proporção de homens vem caindo, e pasmem - mesmo com salários em média 30% inferiores aos homens.

Além deste contexto sócioeconômico, é insubstituível o papel de mãe ao gerar um outro ser, que vem com um potencial físico e emocional, mas que é totalmente dependente de cuidados, por sua total incapacidade de lidar com o meio externo. No início, existe uma dependência absoluta, uma relação de fusão vital para o desenvolvimento do bebê. Isso absorve a mulher de tal forma, que muitas vezes gera um desgaste e estresse muito grandes que só podem ser suplantados pela essência inexistente em qualquer outra coisa além de ser mãe. Em alguns momentos, é se desvencilhar das próprias necessidades e objetivos para poder dar conta do recado.

Mas a criança segue rumo à sua independência, através do engatinhar e depois do ficar em pé e caminhar.

Essa “maternagem” é o amor no início da vida do bebê, e de fundamental importância para o desenvolvimento não só da criança, como do adulto que será, na constituição de seu Ego e na relação com o mundo à sua volta.

A mãe continuará no seu papel, mas acompanhando cada vez com maior distância, aconselhando e dando os limites necessários para o seu desenvolvimento, como um todo e sua inserção saudável na sociedade.

Em face das mudanças na sociedade e nas famílias, na clínica recebo jovens mães que se culpam por não estarem mais presentes no dia a dia de seus filhos, mas que ao mesmo tempo têm anseios pessoais e profissionais, e suas responsabilidades são cada vez mais amplas e, por vezes, estão sozinhas.

O meu trabalho com essas mães é acalmá-las e mostrar, que mantida a devida segurança da criança, nas creches ou escolinhas, mais importante é a qualidade do tempo que estarão juntas e a transmissão de valores.

O fato é que ser mãe não tem manual, cada uma vai exercer seu papel de acordo com os recursos psíquicos, financeiros e sociais e é fundamental que cada uma faça o seu melhor.

Ter a oportunidade de ver um filho ou filha atingir seus objetivos, receber o retorno do seu empenho é muito gratificante e impagável.

“Algumas mães são carinhosas e outras são repreensivas, mas isto é amor do mesmo modo, e a maioria das mães beija e repreende ao mesmo tempo”
(Pearl S. Buck)







banner-busca-coach
Curta nossa Fan Page
Revista Coach Me
Pack Autodesenvolvimento
Twittadas Cloud Coaching
banner-busca-coach
banner-cloud-educacao
banner-pinterest
Depoimentos
"Parabéns pelo feito mais que merecido! Vcs têm trazido informações de qualidade, agregando não só a minha vida profissional, mas tb pessoal. Sucesso!!!"
Juliana Garbossa
"Parabéns para a equipe Cloud Coaching ! Acompanho diariamente os posts."
Luciana Furquim
"Parabéns! O conteúdo tem sido bastante interessante!"
Priscila Vidal
"Parabéns pela ideia. Os conteúdos são realmente muito bons. Que seja uma trajetória de ainda mais sucesso."
Rafael van Emelen
"Muito bom! Parabéns equipe Cloud! Já estou com vocês! Abraços!
Ana Cris Tina
"Cloud... Para já conversarmos: amo seus vídeos de motivação, são injeções de ânimo para a Vida. Parabéns pelo magnifico trabalho!!! Vocês são maravilhosos, postagens magníficas, videos, ah! eu acompanho todos. Tenham certeza absoluta que o trabalho, o empenho de vocês, são motivo de vida para muitas pessoas. Continuarei ouvindo todos que chegarem até minha página SIM e não é um elogio apenas, é o meu Aplauso à dedicação de vocês a nos ajudar a superar os embates que a vida nos apresenta. Me faz um bem danado!!! Que Deus os abençõe sempre e tenham um excelente final de semana!!!
Maria Terezinha Barbieri




FAÇA PARTE DA LISTA
CLOUD COACHING DO SUCESSO!


Por que algumas pessoas têm sucesso e outras não?
Algo de diferente elas têm! Será que elas têm simplesmente sorte?
Faça parte da comunidade de pessoas de SUCESSO e descubra!!!
Mais de 100.000 pessoas já se inscreveram e você?
​Vai ficar fora desta?

Inscreva-se agora mesmo e ganhe uma
Revista Coach Me inteiramente grátis!!!


Por favor, aguarde...



Muito obrigado!!!

Sua inscrição foi realizada com sucesso.
Em breve você receberá no e-mail cadastrado
o link para download de sua
Revista Digital Coach Me!

Um abraço da
Equipe Cloud Coaching
Por favor, preencha corretamente os campos!
E-mail inválido!
Ooops aconteceu um erro, tente novamente!
banner-coachme-

Você que segue nossa fanpage no Facebook não pode ficar fora dessa!
Quer se desenvolver pessoal e profissionalmente, sem deixar de lado sua qualidade de vida? Quer dar um gás na sua motivação e produtividade?
Então baixe agora mesmo o seu examplar da Coach Me e mude sua vida!
Basta clicar na imagem acima e você será redirecionado ao IBA, o portal de revistas digitais da Editora Abril.