Seu cliente tem foco no problema ou nos resultados?

Publicado em 12 de julho de 2016

Gostei demais do artigo publicado por Douglas Wick em seu blog, ele que é presidente de uma consultoria especializada na solução de problemas através de uma metodologia que combina Coaching, consultoria e mentoria, ao que ele denomina Business Development Expert (Especialista em Desenvolvimento de Negócios). Douglas comenta, de início, que uma pesquisa da Universidade da Califórnia mostra que, do estado emocional coletivo de uma organização, entre 50% e 70% estão associados ao comportamento das suas lideranças. Isso leva à conclusão de que, se a liderança ficar com foco no problema, o corpo de funcionários também assim estará, enquanto o melhor dos mundos é tentar mudar esse foco para os caminhos necessários a se alcançar resultados.

Então, Douglas aborda dois conceitos e os explica por metáforas. Primeiro, ele cita a importância de haver um “estado inteligente”, quando temos acesso total à criatividade, inovação, consciência e envolvimento emocional para a resolução de problemas. Somos até capazes de imaginar um futuro emocionante e antecipar mentalmente maravilhosas recompensas. Depois, vem um conceito que, no mundo atual, virou chavão: “a nossa tribo”. Realmente, há uma perspectiva comum de que, ao fazer parte de um grupo determinado, haverá o sentimento de sobrevivência porque ali existe conexão, colaboração, objetivos comuns e envolvimento emocional. Portanto, ao invés de colocar os funcionários em clima de fuga ou estresse, só vivendo de problemas, o ideal é motivá-los a exercitar seus cérebros, comprometendo-os com desempenho mais afinado aos resultados esperados.

Todas as empresas passam por momentos em que há dúvidas sobre caminhos a serem percorridos. Haverá um ou outro ponto cego, conflitos não resolvidos e a necessidade de revisão drástica do plano de negócios. Esse é um momento propício para estimular que os funcionários reforcem o seu espírito de tribo e explorem o seu estado inteligente. Quando isso não ocorre, há um quadro muito típico de reações emocionais negativas, trazendo à cena um ambiente bem conhecido e aplicado na análise transacional: o triângulo dramático entre o perseguidor, o perseguido e o salvador.

O líder será o perseguidor. O Coach é o profissional que, muito provavelmente, será visto como o salvador em um conflito onde o Coachee, também provavelmente, estará se considerando vítima. A vítima (seu cliente) precisa do salvador (o Coach) e, da forma como sugere Douglas, o mais adequado será estimular o estado inteligente do cliente para alcançar resultados positivos. Ele perceberá, então, que não precisa ser vítima para se tornar alguém mais criativo, resolver problemas, inovar, ter mais consciência e envolvimento emocional. Porém, se o foco do processo de Coaching ficar no problema, a vítima pode cair na apatia, inércia e, então, sentir-se só e sufocada.

Estar sempre focado na solução é o caminho seguro e mais indicado para qualquer situação em que se trata com uma pessoa em crise, principalmente quando se sente vítima. Ela será energizada e renovará a autoconfiança, colocando bem ativo o seu estado inteligente e passará a enxergar possibilidades, escolhas, inovação e, até mesmo, crescerá o amor próprio. Se as perguntas do Coach forem orientadas para aquilo que “está errado” ou “está acontecendo fora do esperado”, isso estimulará a “vítima” a remexer com problemas. Por outro lado, se as perguntas insistirem em pensar naquilo “que queremos buscar” e em “como se conseguirá obter isso que se quer”, a postura do seu cliente será orientada ao resultado e ao estado inteligente.

Pense bem nisso, avalie seu cotidiano de Coach ou líder, e identifique como tem sido o seu papel.







banner-busca-coach
Curta nossa Fan Page
Revista Coach Me
Pack Autodesenvolvimento
Twittadas Cloud Coaching
banner-busca-coach
banner-cloud-educacao
banner-pinterest
Depoimentos
"Parabéns pelo feito mais que merecido! Vcs têm trazido informações de qualidade, agregando não só a minha vida profissional, mas tb pessoal. Sucesso!!!"
Juliana Garbossa
"Parabéns para a equipe Cloud Coaching ! Acompanho diariamente os posts."
Luciana Furquim
"Parabéns! O conteúdo tem sido bastante interessante!"
Priscila Vidal
"Parabéns pela ideia. Os conteúdos são realmente muito bons. Que seja uma trajetória de ainda mais sucesso."
Rafael van Emelen
"Muito bom! Parabéns equipe Cloud! Já estou com vocês! Abraços!
Ana Cris Tina
"Cloud... Para já conversarmos: amo seus vídeos de motivação, são injeções de ânimo para a Vida. Parabéns pelo magnifico trabalho!!! Vocês são maravilhosos, postagens magníficas, videos, ah! eu acompanho todos. Tenham certeza absoluta que o trabalho, o empenho de vocês, são motivo de vida para muitas pessoas. Continuarei ouvindo todos que chegarem até minha página SIM e não é um elogio apenas, é o meu Aplauso à dedicação de vocês a nos ajudar a superar os embates que a vida nos apresenta. Me faz um bem danado!!! Que Deus os abençõe sempre e tenham um excelente final de semana!!!
Maria Terezinha Barbieri




FAÇA PARTE DA LISTA
CLOUD COACHING DO SUCESSO!


Por que algumas pessoas têm sucesso e outras não?
Algo de diferente elas têm! Será que elas têm simplesmente sorte?
Faça parte da comunidade de pessoas de SUCESSO e descubra!!!
Mais de 100.000 pessoas já se inscreveram e você?
​Vai ficar fora desta?

Inscreva-se agora mesmo e ganhe uma
Revista Coach Me inteiramente grátis!!!


Por favor, aguarde...



Muito obrigado!!!

Sua inscrição foi realizada com sucesso.
Em breve você receberá no e-mail cadastrado
o link para download de sua
Revista Digital Coach Me!

Um abraço da
Equipe Cloud Coaching
Por favor, preencha corretamente os campos!
E-mail inválido!
Ooops aconteceu um erro, tente novamente!
banner-coachme-

Você que segue nossa fanpage no Facebook não pode ficar fora dessa!
Quer se desenvolver pessoal e profissionalmente, sem deixar de lado sua qualidade de vida? Quer dar um gás na sua motivação e produtividade?
Então baixe agora mesmo o seu examplar da Coach Me e mude sua vida!
Basta clicar na imagem acima e você será redirecionado ao IBA, o portal de revistas digitais da Editora Abril.