Um modelo simples de avaliação do investimento em Coaching!

Publicado em 24 de fevereiro de 2015

Os clientes do Coaching executivo e de negócios, bem como os Coaches profissionais, abordam a questão do retorno do investimento como absolutamente necessária. Mas quando se trata de aplicar um método ou modelo, poucos têm algo a sugerir de mais prático. Pois encontrei uma publicação que apresenta um caminho simples, ainda que não universal, para que se comece a pensar a respeito. O texto completo, com o título “Return on investment in executive coaching: a practical model for measuring ROI in organisations”, está em Coaching: An International Journal of Theory, Research and Practice, 2014 Vol. 7, No. 1, 417, e é da autoria de dois pesquisadores australianos: Paul Lawrence and Ann Whyte.

Conforme eles afirmam, no mundo corporativo os executivos buscam comparar potenciais investimentos e o tipo de retorno que pode ser alcançado, sendo que na área de recursos humanos uma métrica aceita determinará quais os tipos de intervenções que serão encaminhados: treinamento, mentoria, consultoria ou Coaching. O que os autores fizeram foi explorar as soluções que as organizações adotam para avaliar investimentos e se há um modelo de melhores práticas que pode surgir a partir de uma perspectiva holística.

Em sua pesquisa, Paul e Ann lançaram três perguntas: (a) É verdade que poucos são os clientes de Coaching que se dedicam a calcular o retorno de investimento?; (b) As empresas que efetivamente querem conhecer o retorno de investimento, como é que fazem?, e; (c) Os clientes de Coaching insatisfeitos com as suas abordagens atuais, o que identificam como sendo os maiores obstáculos para avaliação?

O resultado foi chamado de Clocktower Model, o qual descreve um processo linear, começando com o estabelecimento de propósito e terminando com a possível medição de retorno financeiro, quando desejado. Uma conclusão relevante, consistente com trabalhos que eu mesmo já desenvolvi para o contexto brasileiro, é de que a mensuração financeira pode ou não ser útil, sendo muito mais importante a medição dos resultados congruentes com a finalidade a que se destinava o processo. As variáveis que, segundo os autores, merecem ampla atenção na avaliação do retorno (na ordem do mais “básico da torre” para o “topo da torre”), são:

  1. Propósito, definido como intenção pré-determinada para Coaching, consistente com a estratégia do negócio. Estabelecer o propósito é o primeiro passo na medição de valor e a principal tarefa é a de garantir o alinhamento das partes interessadas. Não se deve confundir propósito de Coaching com as metas a serem alcançadas. Propósito é sobre como a organização e os clientes estão alinhados para a aplicação do Coaching.
  2. Motivação, algo bastante lógico de se incluir no modelo, é definida como o compromisso assumido pelo Coachee ao se envolver em um processo de Coaching. É fundamental determinar se o Coaching é a forma mais adequada de intervenção (planejamento de intervenção) para cada cliente em particular.
  3. A Metodologia de Coaching tem papel relevante na avaliação do retorno de investimento, pois está ligada ao potencial do Coach, com filosofia de treinamento, prática, experiência, abordagem e métodos. No Clocktower Model, a metodologia entra no terceiro nível, assumindo que o cliente aceitou o propósito de Coaching e avaliou se essa é a intervenção mais adequada.
  4. Comportamentos, definido pelos autores como qualquer aspecto funcional do cliente que pode ser observado por outros. Oitenta e três por cento dos entrevistados na pesquisa disseram que mudanças no comportamento do Coachee são parte essencial da estratégia de avaliação de resultados.
  5. Resultados são a consequência quantificável do processo de Coaching, ou seja, o que é considerado relevante para a consecução dos objetivos estratégicos da empresa contratante. Os resultados a que se refere o modelo são vinculados a negócios específicos e devem fornecer evidências de que têm relação com o processo de Coaching. Ou seja, nem sempre a empresa está atenta apenas na mudança comportamental do Coachee.
  6. Retorno financeiro está no mais alto nível do Clocktower Model, sendo definido como a fórmula explícita ou o tipo de cálculo capaz de traduzir os resultados do processo de Coaching em um valor monetário. O percentual de entrevistados pelos pesquisadores, que demonstraram aplicar algum tipo de fórmula, foi baixo.

Concluindo, os autores acreditam que a empresa contratante de um processo de Coaching precisa acompanhar (feedback) cada um dos estágios. Não funciona apenas avaliar a evolução do processo ao final. Curiosamente, as pequenas empresas ou aquelas com a gestão mais ativa de recursos humanos, mostraram mais capacidade de monitorar a eficácia do Coaching. Ainda mais, as empresas estão mais propensas a buscar evidências que o Coaching tem impacto sobre os resultados de negócios, sendo o indicador financeiro algo opcional e de importância secundária se comparado ao propósito e aos resultados estratégicos, em grande parte dos casos.







banner-busca-coach
Curta nossa Fan Page
Revista Coach Me
Pack Autodesenvolvimento
Twittadas Cloud Coaching
banner-busca-coach
banner-cloud-educacao
banner-pinterest
Depoimentos
"Parabéns pelo feito mais que merecido! Vcs têm trazido informações de qualidade, agregando não só a minha vida profissional, mas tb pessoal. Sucesso!!!"
Juliana Garbossa
"Parabéns para a equipe Cloud Coaching ! Acompanho diariamente os posts."
Luciana Furquim
"Parabéns! O conteúdo tem sido bastante interessante!"
Priscila Vidal
"Parabéns pela ideia. Os conteúdos são realmente muito bons. Que seja uma trajetória de ainda mais sucesso."
Rafael van Emelen
"Muito bom! Parabéns equipe Cloud! Já estou com vocês! Abraços!
Ana Cris Tina
"Cloud... Para já conversarmos: amo seus vídeos de motivação, são injeções de ânimo para a Vida. Parabéns pelo magnifico trabalho!!! Vocês são maravilhosos, postagens magníficas, videos, ah! eu acompanho todos. Tenham certeza absoluta que o trabalho, o empenho de vocês, são motivo de vida para muitas pessoas. Continuarei ouvindo todos que chegarem até minha página SIM e não é um elogio apenas, é o meu Aplauso à dedicação de vocês a nos ajudar a superar os embates que a vida nos apresenta. Me faz um bem danado!!! Que Deus os abençõe sempre e tenham um excelente final de semana!!!
Maria Terezinha Barbieri




FAÇA PARTE DA LISTA
CLOUD COACHING DO SUCESSO!


Por que algumas pessoas têm sucesso e outras não?
Algo de diferente elas têm! Será que elas têm simplesmente sorte?
Faça parte da comunidade de pessoas de SUCESSO e descubra!!!
Mais de 100.000 pessoas já se inscreveram e você?
​Vai ficar fora desta?

Inscreva-se agora mesmo e ganhe uma
Revista Coach Me inteiramente grátis!!!


Por favor, aguarde...



Muito obrigado!!!

Sua inscrição foi realizada com sucesso.
Em breve você receberá no e-mail cadastrado
o link para download de sua
Revista Digital Coach Me!

Um abraço da
Equipe Cloud Coaching
Por favor, preencha corretamente os campos!
E-mail inválido!
Ooops aconteceu um erro, tente novamente!
banner-coachme-

Você que segue nossa fanpage no Facebook não pode ficar fora dessa!
Quer se desenvolver pessoal e profissionalmente, sem deixar de lado sua qualidade de vida? Quer dar um gás na sua motivação e produtividade?
Então baixe agora mesmo o seu examplar da Coach Me e mude sua vida!
Basta clicar na imagem acima e você será redirecionado ao IBA, o portal de revistas digitais da Editora Abril.