Um papel em branco... Sem assunto

Publicado em 15 de junho de 2018

Levanta, faz um chá, acaricia o gato e lava o rosto. Sem assunto.

Liga a televisão. Muitos assuntos. Assunto ou noticia (ponto de interrogação).

Escrever sobre: não ter sobre o que escrever. A que ponto chegamos. A que ponto a nossa rotina nos fez estarmos todo momento sendo bombardeados de informações e notícias, mas não ter assunto para escrever.

Podem dizer: “escreve sobre a greve dos caminhoneiros, o preço do diesel. Ou sobre a alta do dólar.” Não. Não só porque não é o estilo de texto ou lugar, mas sim porque não precisa de mais um falando sobre isso. Me parece que escrever sobre esses temas quando estão em alta se iguala aos fatídicos diálogos de elevador: “frio hoje né” (ponto de interrogação), “tempo maluco esse de são Paulo”.

Mas também não posso me colocar o peso de trazer segredos e reflexões da humanidade como temas todos os meses. Caso contrário caímos no velho clichê.

Solução (ponto de interrogação). Ou seja, sobre o que escrever então, já que todos os possíveis temas ou são conversas de elevador ou clichês (ponto de interrogação). Escrever para quem (ponto de interrogação). Não sei. Não sei se essas perguntas têm respostas. Aqui não tenho a pretensão de respondê-las, aliás, não tenho a pretensão de dar nenhuma resposta de nenhuma natureza. Quando questionada em uma entrevista sobre o porquê escrever, Clarisse Lispector responde: “e eu sei (ponto de interrogação)”. Se ela não sabe, o que dizer de mim.

Causada pela atual circunstância em que me encontro, perceptível até no meu vocabulário, me vejo inclinada a escrever sobre temas colocados como nobres. Sejam eles: política, filosofia, literatura. Moldando-se ao enquadramento da coluna, ou seja, a universidade, mas mesmo assim escrever sobre temas datados como nobres. Porém a rotina me mostra que esses temas nobres não se fazem tão relevantes assim, já que todas as mesas de restaurantes na hora do almoço discutem sobre quantas horas ficaram em uma fila de um posto de gasolina. Por isso, esse texto, é em homenagem a ela, rotina.

A rotina de um universitário que trabalha de manhã e estuda de noite é formada por dezesseis horas de produtividade, mesmo que aparente e que satisfaça a expectativa social. Isso de segunda à sexta. Sábado e domingo, estudos para prova, namoro, família, amigos. Talvez nem todos no mesmo final de semana, ou até no mesmo mês. Mas sempre em mente como objetivos e compromissos.

Com isso o papel de quem escreve um texto no mínimo interessante e digno de cinco minutos de qualquer um é achar as pequenas brechas dos comportamentos rotineiros que nos fazem questionar a nós próprios e a realidade que estamos inseridos.

O papel em branco tudo aceita, pacientemente. Até o escritor cansado de encontrar um tema digno, nobre, clichê ou noticiado nos jornais para escrever um texto mensal, se rende ao mais verdadeiro diálogo ou monólogo sobre a rotina (dependendo do ponto de vista). Esta, que parece sempre a vilã de tudo e de todos, é homenageada e presenteia o escritor com uma massagem no ego e o texto que tanto estava apreensivo por escrever.







banner-busca-coach
Curta nossa Fan Page
Revista Coach Me
Pack Autodesenvolvimento
Twittadas Cloud Coaching
banner-busca-coach
banner-cloud-educacao
banner-pinterest
Depoimentos
"Parabéns pelo feito mais que merecido! Vcs têm trazido informações de qualidade, agregando não só a minha vida profissional, mas tb pessoal. Sucesso!!!"
Juliana Garbossa
"Parabéns para a equipe Cloud Coaching ! Acompanho diariamente os posts."
Luciana Furquim
"Parabéns! O conteúdo tem sido bastante interessante!"
Priscila Vidal
"Parabéns pela ideia. Os conteúdos são realmente muito bons. Que seja uma trajetória de ainda mais sucesso."
Rafael van Emelen
"Muito bom! Parabéns equipe Cloud! Já estou com vocês! Abraços!
Ana Cris Tina
"Cloud... Para já conversarmos: amo seus vídeos de motivação, são injeções de ânimo para a Vida. Parabéns pelo magnifico trabalho!!! Vocês são maravilhosos, postagens magníficas, videos, ah! eu acompanho todos. Tenham certeza absoluta que o trabalho, o empenho de vocês, são motivo de vida para muitas pessoas. Continuarei ouvindo todos que chegarem até minha página SIM e não é um elogio apenas, é o meu Aplauso à dedicação de vocês a nos ajudar a superar os embates que a vida nos apresenta. Me faz um bem danado!!! Que Deus os abençõe sempre e tenham um excelente final de semana!!!
Maria Terezinha Barbieri




FAÇA PARTE DA LISTA
CLOUD COACHING DO SUCESSO!


Por que algumas pessoas têm sucesso e outras não?
Algo de diferente elas têm! Será que elas têm simplesmente sorte?
Faça parte da comunidade de pessoas de SUCESSO e descubra!!!
Mais de 100.000 pessoas já se inscreveram e você?
​Vai ficar fora desta?

Inscreva-se agora mesmo e ganhe uma
Revista Coach Me inteiramente grátis!!!


Por favor, aguarde...



Muito obrigado!!!

Sua inscrição foi realizada com sucesso.
Em breve você receberá no e-mail cadastrado
o link para download de sua
Revista Digital Coach Me!

Um abraço da
Equipe Cloud Coaching
Por favor, preencha corretamente os campos!
E-mail inválido!
Ooops aconteceu um erro, tente novamente!
banner-coachme-

Você que segue nossa fanpage no Facebook não pode ficar fora dessa!
Quer se desenvolver pessoal e profissionalmente, sem deixar de lado sua qualidade de vida? Quer dar um gás na sua motivação e produtividade?
Então baixe agora mesmo o seu examplar da Coach Me e mude sua vida!
Basta clicar na imagem acima e você será redirecionado ao IBA, o portal de revistas digitais da Editora Abril.